Eu sou super a favor da dublagem, porque sei que os tradutores e dubladores nacionais de hoje formam um dos melhores times do mundo e acredito que toda obra merece uma chance de ser vista dublada. Mas nem sempre foi assim, houve uma época que havia precaridade de profissionais e ainda mais, falta de experiência de alguns, tudo isso gerando algumas pérolas para nossas lembranças, sendo algumas nem tão antigas (Shame on you ou “vergonha em vocês”)

A Lenda do Tesouro Perdido
As cartas de Silence Dogood foram traduzidas para “cartas do silêncio faz bem”. Primeiramente Silence Dogood não deveria ser traduzido, pois apesar de ser um pseudônimo de Benjamin Franklin, trata-se de um nome próprio, além da concordância verbal estar incorreta, pois a forma adequada seria “silence does good“.

X-Men: O Filme
Quando Logan conversa com Tempestade, um pouco antes do Senador Kelly aparecer e ele pergunta se é para entrar no time e ser um X-Men, a tradução no filme de X-Men é Ex-Humanos.

Quando eles estão no avião existe uma piadinha sobre as roupas entre o Cyclops e o Wolverine, em inglês:
Wolverine: You actually go outside in these things?
Cyclops: What would you prefer Yellow Spandex?
A tradução ficou assim:
Wolverine: Vocês saem na rua vestidos assim?
Cyclops: O que preferiria? Verde bandeira?
Eu sinceramente não entendi, acho que o tradutor achou que a resposta era sobre um tom de verde (pior! VERDE!) e não sobre a óbvia sátira da roupa amarela do Wolverine nos quadrinhos, o famoso collant amarelo.

Exterminador do Futuro 3
No começo do filme, quando a personagem acompanhante de John Connor percebe a cilada que entrou ao andar com ele, acusa-o: “But you’re a mess!” (algo como “Mas você é uma bagunça”). A tradutora deve ter decidido colocar sua opinião sobre o sujeito e tacou nas telas um “Mas você é um merda!”.

Teoria do Amor
A dublagem na TV repetia sobre o trabalho de Einstein: “o papel que ele não publicou”. Obviamente o que Einstein não havia publicado era um artigo e não uma folha de papel.

A Bruxa de Blair 2
Uma personagem que eu nem sei diz: “They were scared out of their minds” (“eles estavam mortos de medo”), e o tradutor lançou a ótima pérola “Eles estavam com medo das próprias mentes”.

O Pimentinha
Uma cozinheira dizia que iria fazer vários doces e bolos no Clube do Deserto, mas logo se entendeu ao ver a fachada do tal clube escrito: Dessert Club (Clube da Sobremesa).

A Cor do Dinheiro
Em uma cena do filme, o protagonista é demitido pro seu chefe com a célebre frase: “You’re fired” e infelizmente na versão dublado temos um ótimo “Você está pegando fogo”.

Morrendo e Aprendendo
Em uma cena, a professora canta uma música que se pergunta sobre o que os alunos vão ser quando crescer. Na primeira menina tem um trecho que diz: “Will I be a dancer?”, e é traduzido para: “Will, eu vou ser uma dançarina?”

Do Que as Mulheres Gostam
Na cena que o protagonista Nick Marshall, assiste a um jogo de basquete pela TV, um dos jogadores se prepara para arremessar a bola e as palavras de Nick aparecem na legenda:  “Moça, moça, moça”. Na verdade, ele torcia: “Erra, erra, erra” (“miss, miss, miss”). Quem acabou errando foi o sujeito que fez a legenda para a versão brasileira.

Noiva em  Fuga
Em uma cena que o protagonista está na sala de estar com a família da noiva em questão, ele levanta o copo e diz: “Let’s make a toast!” e a tradução clara seria “vamos fazer um brinde!”, mas na legenda apareceu “vamos fazer uma torrada!”. É um erro comum ainda em cenas de brindes.

Livros de Informática
Que foi um erro comum no inicio das traduções de manuais de informática traduzir “disk drive” como “motorista de disco”. Triste…

A Teoria Política do Individualismo Possessivo
Esse é tido com uns dos piores erros de tradução do Brasil. No livro em questão, a expressão inglesa “the general will” em vez de significar “a vontade geral”, virou “o general Will”. O resultado foi que quem decidia as coisas em algumas passagens da obra não era a vontade geral, mas o general Will. Eita ditadura militar!

18

Comentários

18 comentários antigos

  1. é por essas e outras que discordo de vc, qnd diz que todas as obras deveriam ser dubladas. a não ser pra nossa diversão, é claro – poder zuar esse papelão – acredito que todas as obras deveriam ser mantidas no formato original, e apenas legendadas. no caso da literatura fica mais complicado, mas no caso de filmes, absolutamente. malditos tradutores >_<

  2. Numa recente vinheta da série “The Big Bang Theory” criada pela Warner, onde eles usam aquela cena em que o Sheldon relata ao policial os itens roubados do apartamento, acontece uma coisa neste estilo. Enquanto Sheldon dizia “Hard Drive,” a legenda dizia “disco duro”. Ok, é a tradução literal, mas é feio pra burro! “Disco rígido” é bem mais bonito, e é o termo mais usado. O tradutor não deve ter nem um K6 em casa, pra acessar a internet.

  3. Legal! E estou de acordo que os erros apontados aqui são de tradução mesmo, mas vale lembrar que muitas vezes o pessoal ai do Brasil, que dubla muito bem, tem que dar uma alterada na frase para que o movimento da boca dos personagens seja ao menos parecido com o que eles vão falar em português durante a dublagem. Por exemplo imagino um ator falando “Dessert club” e saindo o som de “Clube da sobremesa” se neste momento a boca do ator esta muito enfocada ficaria estranho não…. claro estou de acordo contigo no erro, afinal “Clube do deserto” sai estranho do mesmo jeito…. Abraço

  4. Um dos piores que eu já vi foi no Last Action Hero, com o Schwartzneger, que traduziram “Hard Rock” como “A rocha”.
    A pior tradução de todos os tempos é King Kong vs. Godzilla. O filme inteiro tem pérolas de tradução, como “The operation is underway” virar “A operação será subterrânia.”

  5. Só pra corrigr, ainda não existe Bruxa de Blair 3..rs O caso do disco duro, pode ser tradução PT-Portugual onde se fala deste modo.
    Só uma curiosidade, se não me engano arrumaram o erro em X-men na fala do Wolvie…agora não lembro se era na dublagem ou na legenda…FAIL

  6. Pingback: Betalinks da Semana [59] | Plano Beta

  7. Dublagem só se for para cegos, analfabetos e pessoas muito idosas verem e olhe lá.
    Até filme infantil não deveria ser dublado, as crianças aprenderiam outra língua rapidamente.
    Odeio filme dublado.
    Me recuso a ver estas merdas de traduções porcas e mal feitas, cansei de ver isto.
    O pior ainda é uma moda que aconteceu alguns anos atrás onde os caras colocavam a legenda da dublagem, muitas piadas perdidas para aqueles que não entendem o inglês.
    Pra mim não importa se é Japonês, Inglês, Francês ou Russo, filme tem que ser visto no formato original, e mesmo se não tiver legenda alguma, prefiro ver na língua original do que dublado

  8. pra mim, 90% das dublagens tem algum problema.. meh! sou chato mesmo, gosto do original! to até assistindo a série clássica dos cavaleiros em japa! e olha que a dublagem é até boa…

    Fora isso aí, tem erros de legenda tbm que muitas vezes doem na alma… infelizmente não lembro de nenhum agora.. :)

  9. Pingback: Tweets that mention Grandes Falhas das Traduções « Zona Nerd – Seu refúgio do mundo normal -- Topsy.com

  10. Certa vez, há muito tempo, assistindo Crocolido Dundee (eu axo) na sessão da tarde, o personagem falou “Você tem que ser fulano!”. Pensei na hora “em inglês deve ser “You must be Fulaneixon” e traduziram ao pé da letra! kkkkkkk Na verdade era “você deve ser fulano”

  11. Bah, adoro erros de tradução, me divirto mto tentando encontra-los XD
    Só aquele do Exterminador do Futuro que deix o benefício da dúvida… a tradução não fica tão errada, é o tipo de caso que é válido… as vezes fica melhor dar uma mudada no texto, mas que tenha o mesmo contexto.

  12. Pingback: Melhores Links da Semana | Trocistas - Humor de Primeira Qualidade!

  13. Pingback: Loukulinks da Semana « Loukurinha - Quando Apenas Loucura Não Basta

  14. No coments, agora quero ver vcs assistirem o canal Discovery Turbo, que aborda o universo dos carros, motos, motores, aviões, etc. E colocam um Fila da P… que não entende nada de carro pra fazer a dublagem, carro que tem 16 cilindros o cara fala q tem 16 válvulas e por aí vai, é um terror só!!!!!

  15. isso é pouco perto das traduções do discovery channel em programas automotivos , eles não sabem os nomes das peças, não mantém as unidades de medida, não conhecem a linguagem técnica