Seria um terror na Terra, com certeza. Diretamente da equipe da AndrewMFilms surge essa perspectiva brutal da realidade de um visitante comum em um dos milhões de parque temáticos construídos durante sua infância no jogo RollerCoaster Tycoon. Parecia apenas uma brincaidera não é? O resultando é assustador.

A tática era aumentar o preço enquanto as pessoas iam entrando no brinquedo.

Já se passaram mais de dez anos desde o final inconclusivo de Samurai Jack, mas com certeza todos concordamos que algumas novas aventuras dele seriam muito bem vindas. Sendo assim, o artista The Magnadude criou um curta (bem curta mesmo) em animação 3D em homenagem a esse ronin viajante do tempo que encheu nossa infância de ação. Veja agora:

Ou isso ou um jogo, mas lancem algo por favor!!!

Semana passada formos surpreendidos com um vídeo de gameplay de um jogo que estava em desenvolvimento por uma empresa brasileira, sendo esse uma versão 3D open world do clássicos de Pokémons para Gameboy e Nintendo DS. No final de semana, a Wohm Studio publicou um vídeo explicando toda sua ideia, dando detalhes de sua trajetória e falando sobre o vindouro projeto. Veja abaixo, obviamente com legendas em português.

Eu vou fazer minha parte e divulgar, mas você bota fé? Acha que vão conseguir?

Apesar de tantos pedidos dos fãs, nunca vimos um jogo oficial de Pokémon com movimentação livre 3D… e ainda não vai ser dessa vez! Mesmo assim vale a pena ver o vídeo abaixo, onde mostra uma demo de um jogo 3D ainda em desenvolvimento, mas que já é possível ver alguns ambientes, ir no Centro Pokémon, batalhar e capturar os monstrinhos.

Criado pelo empresa brasileira Wohm Studio, especializada em modelagem 3D e desenvolvimento mobile, o jogo dispõe ainda há pouquíssimas informações sobre ele, já que esse demo foi divulgado ontem, mas já prometem novidades para sexta-feira agora. Todos aguarda.

O mundo da impressão 3D está caminhando, e parece ter virado uma febre nos últimos anos, fazendo surgir conceitos, ideias e formas que o público comum nunca tinha visto.

A nova forma que trazemos dessa vez utiliza uma resina líquida de carbono que se solidifica quando exposta a luz, então a medida que a peça vai subindo, uma luz embaixo da plataforma da resina vai desenhando cada nível da impressão. Além de ser mais rápido que o convencional, ela parece ser bem mais detalhada, mas pelo jeito está mais longe da acessibilidade doméstica. Veja o vídeo e clique aqui para mais detalhes.

Se fosse pra escolher, ainda prefiro da impressora de metal.