Isso poderia ser um anúncio de escola de inglês, talvez algum dia seja, mas por hora, é só um ótimo esquete do Comedy Central sobre um péssimo tradutor em uma negociação ilegal clássica de Hollywood..

Se você não acompanha O Incrível Mundo de Gumball, então está perdendo uma das animações mais inteligentes e divertidas da atualidade. Utilizando diversos estilos de animação para contar histórias incríveis, o show fez tanto sucesso que, em 2015, um estúdio chinês criou um desenho animado fortemente baseado em Gumball mas privado de qualquer referência oficial (vulgo pirata, falseta, china, paralelo) chamado Miracle Star.

A existência dessa copia nem impressiona tanto, já que sabemos que até a Hora da Aventura ganhou um irmão oriental não-autorizado na mesma época. A questão é que, provando ser mais perspicaz que qualquer animação noventista que os velhos babam ovo sem nem lembrar do que se tratava, O Incrível Mundo de Gumball viu em seu paralelo uma ótima chance de fazer uma piada memorável.

Continue lendo

coisas que eu gosto coisas populares tirinha

Ter com quem discutir uma série/filme/jogo não tem preço.

Pelo nome você já pode imaginar que é um curta alternativo, cheio de técnicas de filmagem, ângulos pioneiros e críticas sociais… mas nunca imaginaria que é sobre um jovem que sai de casa sem tomar o seu café e é perseguido por sua mãe ninja enlouquecida. Veja!

Eu tinha desistido na primeira… “Dá essa merda logo pra eu cumê”.