Durante muitos anos, sempre que entravamos na parte de jogos de tabuleiros em uma loja de brinquedos, eram sempre os mesmos títulos que víamos: Um Banco Imobiliário aqui, um Detetive ali, aí tinha Combate, War… e na melhor das hipóteses, suas versões de Disney, Segunda Guerra Mundial, Super-Heróis e o raio que o parta!

Como alguns sabem, há uma imensa gama de opções no exterior quando o assunto é tabuleiro, e até já estou familiarizado com poucos, como Puerto Rico, Battlestar Galactica, Last Night on Earth, Quarriors e uns outros. Eu sei que todos eles, assim como a maioria no exterior, são ligeiramente mais difíceis, e requerem mais conhecimento, estratégia e empenho para serem dominados, ou seja, se fosse lançados no Brasil, seriam direcionados para um público um pouco menor.
Continue lendo