Longe de mim descrever a loucura pela nacionalidade do individuo, mas o editor russo Igor Lipchanskiy resolveu marcar de uma ótima forma os grandes álbuns da industria musical. Veja abaixo:

Continue lendo

Dessa vez venho com um post especial, afinal de contas, sexta-feira, dia 21/12/2012 já tá chegando e todo mundo sabe que o mundo vai acabar… Nada mais justo então que uma postagem reunindo algumas músicas com um tema em comum: O mundo vai acabar, tá acabando, ou até já acabou.

O fato é que tá tudo errado e o fim é inevitável… A trilha sonora ideal para o apocalipse que já bate à porta. Divirtam-se e feliz fim de mundo pra todos!

01. Creedence Clearwater Revival – Bad Moon Rising

Continue lendo

Finalmente, depois de realmente muito, muito tempo, volto das cinzas para terminar o que prometi. A ultima postagem na serie de três com supergroups que surgiram recentemente.

O último supergroup é o Them Crooked Vultures, um pouco diferente dos outros que postei e do tipo de música que eu costumo ouvir, tendo um som mais puxado, na minha opinião, pro rock alternativo/indie. São poucas as bandas desse gênero que eu gosto, e essa é uma delas. Mas vamos ao que interessa, se é um Supergroup quem é que participa da banda? Lá vamos nós.

Continue lendo

Não sei se todo mundo sabe, mas hoje, dia 13/07 é o Dia Mundial do Rock! Então eu resolvi fazer esta coluninha especial com 60 vídeospra comemorar a data ao som de muito rock!

O objetivo dessa coluna é oferecer aos leitores uma playlist do gênero, pra isso eu vou evitar as músicas mais “carne de vaca”. Ou seja, nessa coluna você não vai encontrar Smoke On The Water, Stairway to Heaven e Rock and Roll All Nite, por exemplo.
Continue lendo

Depois de muito tempo, estou de volta com a segunda coluna da série de 3 sobre Supergroups, que ficou prometido na coluna anterior, sobre o Chickenfoot. Agora é a vez de Black Country Communion, outra banda que reúne nomes de peso do cenário musical. Os integrantes do Black Country são:

Glenn Hughes: Pra já começar apelando, Glenn Hughes é um dos maiores nomes do rock quando o assunto é baixo. Já tocou no Deep Purple e no Black Sabbath, além do Trapeze uma banda menos conhecida porém igualmente foda, recomendo também. No BCC além de tocar baixo (fantasticamente, o riff de baixo na primeira música já é pra cair o queixo) Hughes ainda mostra que canta pra caramba, sendo o vocalista principal das faixas de 1 até 5, 7, 8, 9 e 12.

Continue lendo