Se você achava as montanhas-russas que você criava no Roller Coaster Tycoon eram radicais o suficiente, conheça agora o parque de diversões que leva o ser humano ao seu limite.

Ou você não conhece o limite do ser humano (e da física) ou você percebeu que isso não existe. Essas cenas são retiradas do curta-metragem alemão The Centrifuge Brain Project, onde mostra experimentos iniciados na década 70 sobre utilizar força centrífuga para aumentar a capacidade do cérebro das pessoas. O curta tem apenas 7 minutos e pode ser visto na íntegra aqui caso você queira, mas vou adiantar, a parte mais legal já foi.

Em um mundo moderno de releituras cada vez mais sombrias, demorou para lançarem um curta-metragem de respeito sobre os grandes guerreiros coloridos da Alameda dos Anjos. O curta a seguir, produzido por Adi Shankar e dirigido por Joseph Kahn (“Fúria em Duas Rodas”), conta a história que depois do Império Máquina, um dos primeiros inimigos do planeta Terra, se juntarem a sociedade humana, os antigos Power Rangers, que lutaram contra ele, estão sendo caçados e mortos.

James Van Der Beek (“Dawson’s Creek”) interpreta Rocky, o ex-Ranger Vermelho substituto que interroga Kimberly, interpretada por Katee Sackhoff (“Battlestar Galactica”) tentando tirar informações do paradeiro de Tommy, o antigo Ranger Verde, enquanto relembra o destino de cada de seus antigos companheiros de equipe.

Contém cenas de violência e nudez (valeu!), assista agora!

Ao que parece esse curta não tem nada a ver com a produção do reboot dos Power Rangers que está sendo feita pela Liongate e que tem data de estreia marcada para 22 de julho de 2016, mas mesmo assim, é um material bem interessante.

Imagine uma guerra em que antes de força e armamento, o soldado que quisesse sair vitorioso teria que ter talento e criatividade? Veja esse incrível curta criado pela So Krispy Media sobre a guerra com armas feitas a partir de giz de cera.

É assim que eu imagino uma luta de Lanternas Verdes.

Muitos anos depois dos serviços de qualidade duvidosa dos Correios deixarem de existir, nos temos a chance de acompanhar a saga desse valente entregador espacial em sua jornada para fazer com que os destinatários recebam seus pacotes!

Lançado em maio de 2014 pela Alfred Imageworks, esse curta metragem trás um carismático trabalhador das estrelas em um serviço um pouco diferente do normal, vale a pena assistir!

Faz a gente pensar na vida né?

Você já deve ter visto os curta-metragens de stop-motion do animador PES, que usam objetos como se fossem comida, em algum vídeo compartilhado do facebook ou enviado pelo zapizapi, caso você não tenha visto (primeiro melhore sua rede de amigos) e depois veja aqui em Fresh Guacamole e Western Spaghett, feitos respectivamente em 2013 e 2008.

Depois de tudo isso explicado, veja sua última criação em Submarine Sandwich.

Mesmo assim, dá fome.