Nas década passadas, a falsificação tinha outra cara. Não tínhamos acesso a informação completa, então, as vezes, ganhávamos  algo que nem dava para perceber que era falseta.

Hoje em dia, com a internet e tals, sabemos exatamente quando algo é versão chinesa original, mas o pior são os fabricantes que teimam em misturar cada vezes mais os universos ou criar realidades paralelas em que nossos heróis vendem salgadinhos. Confira abaixo alguns dos piores (ou melhores) exemplos.

Continue lendo