Retire a câmera em primeira pessoa, coloque um ponto de vista fixo, alguns ajustes nas skills e voilá, temos a receita para um jogo de luta tão boa como seria se Counter Strike fosse assim também. Veja abaixo.

Não que um dos shooters mais populares das lan-house precisasse de um spin-off, mas isso não impediu o animado Chris Le de fazer essa versão do nosso amado cêesse.

Na próxima você pega o Kurtis Stryker.

Só queria saber como cheguei em 2017 sem nunca ter visto um dos vídeos do Super Oleg? Montagens, edições e humor, eu definiria o canal como aqueles canais de adolescentes que acabaram de descobrir do Adobe After Effects, só que com muito mais esmero. Veja abaixo uma de suas porradarias digitais.

Se curtiu, vê mais no canal.