Artigo escrito por Fernando Küpper e Alessandra Nishimoto especialmente para o Zona Nerd.

Mesmo fora da Brasil Game Show, sempre ouvimos falar de uma galera desenvolvendo alguma coisa aqui ou ali, ou ainda vemos no Steam algum material brazuca. Mas nada como o que estava lá no evento. Os indies povoaram um longo corredor com material de qualidade profissional vindo do país inteiro. Tentamos conhecer todos, mas vimos que isso seria impossível diante do tempo que ainda tínhamos. Por isso fomos nos que mais chamaram nossa atenção em uma primeira olhada:

Tiny Little Bastards
indie-game-bsg-tiny-little-bastads

O jogo criado pelo estúdio Overlord foi o que mais nos chamou a atenção de cara. E não foi à toa. O jogo é bonito, engraçado e possui uma jogabilidade deliciosa. O campeão, na nossa humilde e não importante opinião.

Conversamos com o Yan Magalhães, um espécime valioso de level-designer. Ele foi explicando os conceitos do jogo e as coisas que ainda estava para ser implementadas. O jogo é um plataformer com ação, humor, power-ups, pulo-duplo, bebida e goblins. Excelente receita. O jogo foi financiado pelo Catarse e você já pode adquirir pelo site e acompanhar pelo facebook.

Continue lendo