Vendo um filme, série ou história de ficção a gente as vezes perde um pouco a noção de realidade quando se trata de criaturas imensas. Não dá pra imaginar o medo que você sentiria se tivesse algo realmente gigantesco na sua frente. Longe de dar medo, esse vídeo do MetaBallStudios é o mais instrutivo possível para tentar exemplificar o quão grande são os robôs e monstros mais famosos da cultura pop.

Só cair na porrada.

Criada em 1989, a All Japan Robot-Sumo Tournament é uma competição que reúne estudantes de engenharia do mundo todo para colocar seus pequeninos para lutar. Diferente das lutas convencionais, só são permitidos guerreiros de 20cm por 20cm e pensando até 3kg somente, além de terem uma categoria para robôs automáticos!

Abaixo há alguns vídeos de vitórias impressionantes de ocorreram no torneio desse ano, mas se quiser ver mais, veja esse compilado da edição de 2014.

Ninguém esperava por essa.

Apesar de sempre parecer bem interessante, eu não entendo muito de Gundam Wing, nunca li nem assisti nada disso, mas pelo menos não precisa entender da franquia para perceber que as ilustrações do artista Aburaya Tonbi são bem legais.

Continue lendo

Só depois de 15 anos da exibição desse glorioso anime em nossas terras é que temos a oportunidade de vivenciar uma era em os problemas pessoais podem ser resolvidos numa porradaria doméstica de robôs!

O projeto Ganker: Fighting Robot, atualmente aberto para financiamento coletivo, irá entregar um pequeno robô pessoal, controlável por smartphone, para você se digladiar por aí. O modelo mais básico, apenas com espada e escudo, sai atualmente por U$250,00 + envio para o Brasil. Sendo assim, acho que vai ser difícil emplacar algo por aqui, mas ainda não é proibido sonhar. Veja o trailer do produto:

Quero ver quando tiver as expansões com asas, braço com lança-mísseis e serra elétrica.

Conhecida pelas produções mais inacreditáveis do teatro internacional, a empresa australiana Creature Technology Company é especialista na concepção e criação de bonecos para teatro que misturam sistemas de animatronics e manipulação humana, tudo coberto por uma camada grossa de talento artístico e detalhes incríveis.

Você pode lembrar dela do espetáculo teatral de How to Train Your Dragon, mais saiba que ela é responsável também pela peça Walking with Dinosaurs e King Kong. O que você vê abaixo é um vídeo demostrativo de todo seus melhores trabalhos atualizados desde o ano passado. Já dá pra ter uma boa ideia do nível dos profissionais.

Turnê no Brasil, pra ontem!