São Paulo capital é uma das cidades mais plurais do Brasil, tendo “tudo que você possa imaginar” disponível. Isso não é diferente com o mundo geek, com diversas opções para os mais variados gostos e “tribos”. Pensando nisso, decidimos escolher cinco lugares geeks que todo amante desta cultura deve ir pelo menos uma vez na vida.

Checkpoint na Ludus Luderia
Este é um bar especializado em jogos de tabuleiro com mais de 900 jogos e monitores que te ensinam a jogar. Um lugar descontraído localizado na Rua Treze de Maio, 972, no Bela Vista, perfeito para você levar sua namorada(o) para conhecer o mundo geek enquanto toma uns bons drinks.

Continue lendo

Tivemos novamente a imensa honra do convite para outra visita ao Escape Room SP, uma das várias casas de escape game que estão tomando conta de São Paulo nos últimos meses, sendo essa a primeira que nos iniciou nesse incrível mundo de cadeados, enigmas, trancas e mistérios.

escape room sp fachada game sao paulo

Depois de sairmos vitoriosos da sala Lado B no começo desse ano, fizemos uma viagem cheia de gente para encarar as outras duas salas dessa temporada: Harbinger e Ateliê. Depois de sermos, como sempre, muito bem atendidos, tanto pela equipe do Escape Room SP quanto a Papiro Assessoria de Comunicação, entramos nas malditas salas.

Continue lendo

Artigo escrito por Fernando Küpper e Alessandra Nishimoto especialmente para o Zona Nerd.

Continuando a postagens das últimas semanas, vamos ao conteúdo derradeiro dos games indies que marcaram presença na Brasil Game Show 2016.

Kiatto, The Legendary Hero
kiatto-zona-nerd-bgs

Um panda bombado com seu bastão nem um pouco amigável foi o protagonista do quarto lugar da nossa jornada indie. Apresentando Kiatto – The Legendary Hero.

Com gráficos 3D e projetado para plataformas mobile, você joga com Kiatto neste sidescroller ambientado em um cenário oriental cheio de penhascos, inimigos mortais para bater com seu bastão e itens para coletar. Além dos gráficos bacanas, o jogo surpreende também pela resposta bastante agradável dos comandos, tornando ele fluído e gostoso de jogar. Acesse o site e acompanhe pelo facebook.

Continue lendo

Artigo escrito por Fernando Küpper e Alessandra Nishimoto especialmente para o Zona Nerd.

Mesmo fora da Brasil Game Show, sempre ouvimos falar de uma galera desenvolvendo alguma coisa aqui ou ali, ou ainda vemos no Steam algum material brazuca. Mas nada como o que estava lá no evento. Os indies povoaram um longo corredor com material de qualidade profissional vindo do país inteiro. Tentamos conhecer todos, mas vimos que isso seria impossível diante do tempo que ainda tínhamos. Por isso fomos nos que mais chamaram nossa atenção em uma primeira olhada:

Tiny Little Bastards
indie-game-bsg-tiny-little-bastads

O jogo criado pelo estúdio Overlord foi o que mais nos chamou a atenção de cara. E não foi à toa. O jogo é bonito, engraçado e possui uma jogabilidade deliciosa. O campeão, na nossa humilde e não importante opinião.

Conversamos com o Yan Magalhães, um espécime valioso de level-designer. Ele foi explicando os conceitos do jogo e as coisas que ainda estava para ser implementadas. O jogo é um plataformer com ação, humor, power-ups, pulo-duplo, bebida e goblins. Excelente receita. O jogo foi financiado pelo Catarse e você já pode adquirir pelo site e acompanhar pelo facebook.

Continue lendo

Artigo escrito por Fernando Küpper e Alessandra Nishimoto especialmente para o Zona Nerd.

brasil-game-show-logo

A Brasil Game Show é a maior feira de jogos eletrônicos da América Latina. Com 5 dias de duração, ela é uma grande vitrine para que cada empresa mostre o seu melhor. Nós fomos para São Paulo conferir este evento no último dia, uma segunda-feira.

Desde a saída do metrô até a chegada na porta do evento, tudo estava muito bem organizado. Logo na entrada já era possível ver os logos digladiantes das gigantes produtoras de acessórios para gamers como Razer e HyperX com seus produtos quase futuristas.

brasil-game-show-2016-stand

Continue lendo