O apocalipse zumbi pode chegar a qualquer momento, e é por isso que Vinicius Perlato, Paulo Meiose, Felipe Kaji e Lucas Bixo se aventuram no ótimo simulador Left 4 Dead 2, estreando dessa vez em Warcelona, uma ótima fase fan-made. Pegue sua escopeta, ponha seus fones e aperte o play!

Eu prometo que nem pra Barcelona eu viajo algum dia!

Experiências genéticas do governo só tem uma finalidade: criação de armas. Pelo menos esse processo acabou gerando uma jogo bem divertidos. Acompanhe Vinicius Perlato, Paulo Meiose, Samuel Incogo e Felipe Kaji nesse FPS co-op de terror que é Killing Floor, enfrentando criaturas bizarras em lugares escuro. Se curtir, dê joinha!

ATRÁS DE VOCÊ!!!

Quem sabe a gente não consegue aparecer lá?

Depois de uma próspera 1º edição, a Zombie Walk Campinas está de volta. Não faço idéia que como está rolando a organização, mas só estou fazendo minha parte em divulgar o evento. Assim como ano passado, ainda não temos certeza, talvez a equipe Zona Nerd marque presença nesse evento para apoiar ainda mais essa iniciativa cultural.

Já deixo aqui meu apelo de antemão: Se alguém conhecer algum ou for fotógrafo(a) ou maquiadora(o) que deseja divulgar seu trabalho realizando um serviço bacana durante o evento, fique atento para essa chance!

Mais informações na Comunidade Oficial.
Flyer by Puppet.

Eu teria até twittado bem na hora da Zombie Walk, mas minha mão estava toda lambuzada de sangue falso que nem tinha como pegar o celular. Agora passado o evento, vamos a algumas considerações:

Foi tudo muito bacana, muita sujeira pela cidade, muitos carros buzinado para nós, algumas criancinhas assustadas e principalmente muitos “mioooolos…”. Compareceram cerca de 120 pessoas, mas poucas maquiadas, por volta de 40, a maioria mesmo eram metaleiros e góticos que foram só ver um sinal do evento. Apesar de pouco, acho um número razoável, pois parece que na 1º Zombie Walk em São Paulo haviam comparecido 45 pessoas.

Acredito que o ponto que mais pecou foi a organização (que deve se resumir a um cara que em fevereiro falou “vamos fazer em Campinas?”) porque não tinha nem maquiador, nem fotografo profissional e nem qualquer pessoa que pudesse divulgar o evento nas mídias sociais. Quem realmente está de parabrains são as pessoas que abraçaram a brincadeira e que foram como zumbis, mesmo correndo o risco de serem as únicas.

Tomara que os próximos anos a galera envergonhada entenda que quando se banca o babaca com outros babacas você não parece tão babaca. Continue lendo para ver algumas fotos de como foi.

Continue lendo